Novo sistema garante agilidade e transparência aos sorteios de unidades habitacionais em Rondônia


Para garantir mais transparência e eficiência nos trabalhos, o governo do estado desenvolveu um sistema de metodologia de sorteio eletrônico, que será utilizado para sortear as pessoas cadastradas nos programas habitacionais em Rondônia. O sistema foi apresentado nesta sexta-feira (2) pela Diretoria Executiva de Tecnologia da Informação e Comunicação (Detic) aos representantes dos órgãos de controle, que puderam tirar todas as dúvidas sobre a tecnologia adotada para o desenvolvimento do software.

Segundo o coordenador de Habitação da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), José Carlos Monteiro Gadelha, o sistema deverá ser utilizado na sorteio dos futuros contemplados dos empreendimentos Morar Melhor, do governo do estado, que tem cerca de 8.500 cadastrados para 2.512 unidades habitacionais; e o empreendimento Cidade de Todos III, com 240 unidades, do município de Porto Velho em parceria com o estado.

“Hoje, o sorteio dos nomes dos contemplados é feito manualmente. Com a implantação do sistema, todo o processo será feito pelo software”, disse José Gadelha.

Segundo o assessor técnico da Seas, Bruno Eduardo Alves de Souza, o programa desenvolve todas as etapas do trabalho, separa por grupos, idosos, deficientes físicos, avaliação dos cadastros e assim sucessivamente, um trabalho que levaria dias para ser feito, mas ocorrerá agora em questão de horas.

A secretária de Regularização Fundiária e Habitação do município de Porto Velho, Márcia Luna, explicou que a parceria com o estado começou em 2015, com cerca de 10 empreendimentos em comum acordo, e que a tecnologia desenvolvida segue rigorosamente portaria do Ministério das Cidades.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação