Servidores do Detran pedem isonomia em gratificação


O pagamento de forma isonômica de uma gratificação aos servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Rondônia (Detran/RO), já aprovada pelos deputados estaduais há cinco anos e em vigor, foi defendido por representantes do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinsdet), durante audiência com o presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho (PMDB), nesta terça-feira (13).

O líder do Governo, Laerte Gomes (PSDB), também participou da reunião. Segundo os sindicalistas, o Governo se comprometeu em igualar o valor da gratificação, hoje fracionada em seis valores diferentes, para todos os servidores do Departamento, independente da função que exerçam no órgão.

“Queremos essa igualdade, com todos os servidores recebendo o maior valor da gratificação, como foi o compromisso do Governo, firmado com a categoria. É uma questão de justiça: que todos recebam o benefício de forma igualitária, sem discriminação de função”, explicou o presidente do Sinsdet, Adonias de Deus.

O presidente da Assembleia se comprometeu em levar a demanda dos servidores ao conhecimento do Governo, para buscar uma saída para o impasse. “Vamos levar este pleito ao governador Confúcio Moura (PMDB) e à direção do Detran, para que possamos construir um canal de diálogo e de negociação”, disse Maurão.

Já Laerte lembrou que, enquanto se discute direitos dos servidores, o Detran trabalha para a construção de uma nova sede, num investimento de mais de R$ 50 milhões. “Por isso, que a maioria dos deputados defende que não haja essa obra, pois ela não é prioridade. Atender à demanda justa dos servidores e aplicar parte desse recurso que seria gasto na obra, na saúde, por exemplo, seria mais coerente”.

Do Sinsdet, participaram ainda da reunião o secretário geral, Obedes Lima, o tesoureiro, Adriano Henrique, e o servidor do órgão, Francisco Souza.

Fonte: ALE/RO – DECOM

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação