Morre Russo, assistente de palco da Globo


Antônio Pedro de Souza, o Russo, figura icônica da TV brasileira que foi assistente de palco da TV Globo, morreu na manhã deste sábado, aos 85 anos.

Ele deu entrada no hospital Mário Lioni, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense na semana passada, com uma forte pneumonia, seguida de embolia pulmonar. Segundo seus familiares, será enterrado às 11h de domingo, em Xerém, distrito de Duque de Caxias.

A neta de Russo, Bruna Bergamini, contou que o avô sofreu uma embolia pulmonar. “Ele foi internado há uma semana com pneumonia. Estava apresentando melhoras. Foi internado no CTI e depois sofreu uma embolia pulmonar. Fomos informados hoje de sua morte”, contou Bruna.

Segundo ela, há dois anos Russo está separado da mulher, Adriana Mello. Ele estava com Mal de Alzheimer e por necessitar de cuidados, morava com a filha, Fernanda. “Meu avô estava muito debilitado e precisava de ajuda para andar e comer”, contou ela, que ainda afirmou que o avô não reconhecia mais algumas pessoas por conta do Alzheimer. ““Em casa, ele lembrava mais das pessoas do passado. A gente que cuidava, que estava mais presente, ele lembrava fisicamente, mas não lembrava o nome”, contou

O velório e enterro de Russo será neste domingo (29), no cemitério de Xerém, na Baixada Fluminense. As informações foram confirmadas em nota pelo hospital onde ele esteve internado. “O Hospital de Clínicas Mário Lioni informa que o Sr. Antônio Pedro da Silva Souza (Russo) faleceu na manhã deste sábado devido a complicações decorrentes de infecção pulmonar. O velório será amanhã, 29/01, a partir de 9h, com sepultamento às 11h45, ambos no Cemitério de Xerém, em Duque de Caxias.”

Histórico de internações

Em 2015, Russo passou por duas internações após sofrer dois AVCs. O primeiro acidente vascular cerebral aconteceu em junho. Na época, seu estado era considerado grave, segundo boletim médico do Hospital Pasteur, onde esteve internado por seis dias. Em novembro, o ex-assistente de palco passou por nova internação pelo mesmo motivo. Dois dias depois, Russo foi liberado.

Carreira

Russo ficou famoso ao trabalhar ao lado de Abelardo Barbosa, o Chacrinha, em 1965, de quem foi assistente de palco até a década de 1990. Russo também trabalhou no “Domingão do Faustão”, “TV Xuxa”, “Estrelas” e “Caldeirão do Huck”.

 

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação