Governo instala dez abrigos e torre de comunicação para mototaxistas em Porto Velho


Atendendo à reivindicação da Associação dos Mototaxistas, o governo de Rondônia instalou em Porto Velho dez abrigos com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos profissionais que atuam no transporte de passageiros; e uma torre metálica com sinal de rádio amador na sede da associação, localizada no bairro Teixeirão.

Os abrigos e a torre foram adquiridos e instalados com recursos provenientes de emenda parlamentar, no valor de aproximadamente R$ 300 mil, e o serviço foi executado por meio de convênio com o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER).

“Essa já era uma reivindicação antiga da nossa categoria. Antes dos abrigos, os mototaxistas ficavam na beira das calçadas, sem local para descansar, e expostos ao sol e à chuva. Os abrigos trouxeram 100% de melhorias para nossa rotina de trabalho”, afirmou o presidente da Associação dos Mototaxistas Deus é a Verdade, Ivonil de Farias.

Os abrigos foram instalados em locais de grande fluxo de pessoas, como nos centros comerciais das zonas Leste e Sul. No centro da cidade, em locais, como a rodoviária e a Praça Jônatas Pedrosa, na avenida Sete de Setembro. Dois pontos com abrigos funcionam 24h, o da rodoviária  e o da avenida Jatuarana.

Para o mototaxista Daniel Conceição, além de melhorar a rotina de trabalho, os abrigos atraem mais clientes, possibilitando também melhor identificação por parte dos usuários. “Os abrigos são os pontos de referência de onde a pessoa pode achar o serviço de mototáxi. Mesmo que chegue ao ponto e não tenha um mototaxista no momento, o cliente se sente confortável porque  pode esperar sentado e na sombra”, citou.

De acordo com dados da associação, hoje atuam na capital 639 mototaxistas cadastrados na associação e no sindicato da classe, com permissão da Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) para executar o serviço. Com a torre de transmissão de sinal instalada na associação, Ivonil de Farias disse que o próximo passo agora é a aquisição dos rádios de comunicação.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação