Goleiro da Chapecoense sai da UTI após operação em São Paulo


O goleiro da Chapecoense, Jackson Follmann, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo ocorrido no dia 29 de novembro na Colômbia, recebeu alta nesta quarta feira (14) da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi transferido para a Unidade Semi-Intensiva do Hospital Albert Einstein. Ali, passou por uma correção cirúrgica de uma fratura, com fixação da segunda vértebra cervical.

Segundo o boletim médico do hospital divulgado há pouco, ele está em bom estado clínico, consciente, sem problemas motores e sem febre.

O atleta, que teve parte da perna direita amputada, estava internado na Colômbia e chegou a São Paulo na madrugada de ontem. Ele foi o primeiro brasileiro sobrevivente do acidente a voltar ao país.

No acidente com o avião, que levava a equipe da Chapecoense para Medellín para a disputa do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, 71 pessoas morreram, entre atletas, membros do clube, tripulantes e jornalistas. Entre os seis sobreviventes, quatro são brasileiros e dois bolivianos.

Fonte: EBC

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação