Edson Fachin pode ficar com a Lava-Jato


Depois do recesso, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, deve redistribuir os processos da Lava-Jato na 2ª turma e um ministro passaria da 1ª para a 2ª turma, herdando os processos. O ministro Edson Fachin, da 1ª turma, era muito ligado ao ministro Teori Zavascki e é o mais provável de ser indicado. Mas isso tem que ser um acordo interno e o ministro tem que pedir para ser transferido.  Não é preciso esperar 30 dias do regimento porque, em caso de urgência, é possível fazer a transferência imediatamente. Mas seja qual for a solução, o processo vai atrasar.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação