Coordenadoria Municipal de Pesca estreita relação com grandes nomes da piscicultura durante a Rondônia Rural Show


Nesta quinta-feira, 26, segundo dia da 5ª edição da Rondônia Rural Show, foi a vez de conhecer os projetos voltados à piscicultura que são referência no Estado de Rondônia, como também as mais modernas tecnologias voltadas ao setor. O coordenador municipal de Pesca e Aquicultura de Porto Velho, Djalma Júnior, visitou o parque das águas montado dentro da Feira, onde estão reunidas dezenas de empresas, entidades e órgãos que trabalham com a piscicultura. Foi oportunidade para saber mais sobre o Sistema de Produção de Peixes em Viveiro Escavado realizado pelo Estado. Um dos mais tradicionais sistemas de produção que apresenta produtividade de até 25kg por M² e mais utilizados no Brasil e em alguns países como a China, Indonésia e  Israel. “Rondônia hoje é o maior produtor de peixes nativos em cativeiros do país.

Em 2014 foram produzidas mais de 75 mil toneladas. “Precisamos acompanhar esse crescimento e principalmente fazer parte dele, por isso hoje estamos aqui estreitando laços para parcerias futuras que vão beneficiar nosso município e seus produtores”, disse Djalma.

semagric_psicultura2000x4dsc_3382Djalma teve um proveitoso encontro com o gerente de Aquicultura da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Jander Plaça, que apresentou o projeto de Fertirrigação que é a grande novidade do momento. “Hoje temos que dar o máximo de opções ao produtor. Na Fertirrigação, por exemplo, ele produz peixe e usa a água dos tanques para a agricultura. É uma forma de reaproveitar a água e oportunizar nova atividade e consequentemente mais renda”, relatou o gerente.

Para o coordenador da Semagric um projeto que pode ser implantado em Porto Velho junto aos pequenos produtores que hoje já estão recebendo apoio da Prefeitura para a produção de peixes. “Temos em Riacho Azul e em São Domingos uma produção importante. Para essa região a Semagric tem a previsão de entrega de 15 tanques escavados. Uma ação de extrema relevância para o aumento da produção dessas comunidades e fiquei muito animado com a ideia de levar a Fertirrigação para a região. Vamos sentar com a equipe da Seagri e articular mais essa parceria”, disse Djalma.

O representante da Semagric também se reuniu com a engenheira de pesca do Instituto Federal de Rondônia ( Ifro), a professora Raica Esteves com quem também estreitou relacionamento para futuras parcerias.

Fonte: Comdecom

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação