16% dos brasileiros vão às urnas hoje para escolher prefeitos de 57 cidades


Santinhos espalhados em frente a local de votação durante o primeiro turno

Neste domingo (30), 32,9 milhões de brasileiros devem voltar às urnas para escolher em segundo turno os prefeitos de 57 cidades. O número de eleitores nessas cidades representa 16% da população do país.

São 206 milhões de habitantes em todo o Brasil. Podem votar apenas maiores de 16 anos e o voto é obrigatório para quem tem mais de 18 e menos de 70 anos.

As disputas ocorrerão em 20 Estados e envolvem cidades que, juntas, representam 22% de toda a população brasileira. Entre as 26 capitais, 18 terão disputas em segundo turno: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Curitiba, Manaus, Recife, Porto Alegre, Belém, Goiânia, São Luís, Campo Grande, Maceió, Cuiabá, Aracaju, Porto Velho, Florianópolis, Macapá e Vitória.

As campanhas dos 114 candidatos que disputam o segundo turno custaram, juntas, segundo os dados declarados oficialmente, R$ 143 milhões. Os eleitos vão governar de 2017 a 2020.

No Brasil, 92 municípios podem ter segundo turno: a lei determina que isso ocorra nas cidades com mais de 200 mil eleitores. Nas eleições de 2012, 50 cidades tiveram 2º turno, ou seja, 7 a menos que neste ano.

 Disputa nas grandes cidades

O resultado da segunda fase da disputa pode confirmar o PSDB como o principal vencedor entre as 93 grandes cidades do país — as capitais e os municípios com mais de 200 mil eleitores, que concentram pouco menos de 40% da população.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação