Tribunais de Contas de todo o País vão fiscalizar planos de educação


O acordo foi firmado entre o Ministério da Educação, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e o Instituto Rui Barbosa (IRB).

A cerimônia de assinatura do acordo teve a presença do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do presidente do FNDE, Idilvan Alencar. Para o ministro, o termo de cooperação com os órgãos de controle aprimora a execução dos planos e o monitoramento da utilização dos recursos públicos aplicados em educação. “Essa parceria é fundamental para aperfeiçoar a prática e a qualidade da gestão. Permite uma análise qualitativa do gasto na educação e ajuda os gestores a melhorarem a aplicação dos recursos para a área”, ressaltou.

Além da padronização da metodologia de fiscalização, o acordo prevê, entre outras ações, o estímulo à transparência em relação aos recursos investidos e a atuação integrada com os Ministérios Públicos da União e dos estados, envolvendo-os nas situações que exigirem a sua atuação.

Mercadante frisou que os pregões eletrônicos realizados pelo FNDE para aquisição de transporte escolar e mobiliário escolar, por exemplo, permitiram um grande avanço na gestão pública em educação. “Os pregões tem alto padrão de excelência e permitem alcançar maior escala, eficiência e transparência nas compras governamentais”, disse.

Fonte: FNDE

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação