Rondônia pela Educação: Concluída primeira etapa de mobilização pelo Enem


O Movimento Rondônia pela Educação realizou entre os dias 25 de julho e 2 de agosto a campanha ‘Todos pelo Enem, você também’. O objetivo da campanha é sensibilizar alunos que estão cursando o 3º ano do ensino médio sobre a importância do exame para o prosseguimento dos estudos, bem como melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Foram atendidas 29 escolas públicas estaduais de Porto Velho e distritos, com a realização de 33 palestras que destacaram as notas de corte para ingressarem nas instituições de ensino superior públicas e privadas do Estado e principais programas, como ProUni, Fies, entre outros. A campanha atendeu 1.840 jovens e contou com 17 professores voluntários na execução das atividades.

A coordenadora estadual do Movimento Rondônia pela Educação, professora doutora Raquel Serbino, destacou que este é um momento para despertar o protagonismo dos jovens. “Precisamos criar uma febre de Enem para que estes jovens se envolvam nos estudos e busquem resultados melhores e que assegurem melhores condições de acesso à educação superior”, frisou.

Jesse Junior, estudante do 3º ano da Escola Estadual Araújo Lima e Silva, frisou que gostou muito da iniciativa voltada para o Enem. “Estas atividades nos darão uma motivação maior para estudar”.

A professora de História de Rondônia Lucivânia Souza destacou que a campanha do Enem é positiva, pois incentivará os jovens nos estudos para o exame. “Nós percebemos os alunos um pouco desinteressados. Esta é uma forma de tentar contribuir para que eles possam voltar sua atenção para os estudos, principalmente em se tratando de um exame que é a porta de entrada para a graduação”, explicou.

A próxima etapa da mobilização do Enem será a organização de aulas de reforço para o exame. “Com nossos parceiros, iremos ofertar aulões do Enem. Estamos em fase de elaboração do calendário de atividades que será amplamente divulgado nas escolas públicas da capital”, destacou a professora.

O Movimento Rondônia pela Educação conta com a adesão de instituições de ensino superior públicas e privadas. “Estamos formando uma grande força tarefa para tornar este atendimento possível”, concluiu Raquel Serbino.

Fonte: Assessoria Fiero

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação