Resultados de urnas no exterior em 16 países já são conhecidos


Boletim de urna em Wellington, Nova Zelândia

Votação já foi encerrada na Nova Zelândia, no Japão e em outros locais; imagens com boletins de urnas com votação final da sessão são verdadeiras, diz TSE

As imagens de boletins de urna de seções eleitorais de diversos países que circulam em redes sociais são verdadeiras, mas não representam o número final de votos dos candidatos a presidente. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 16 países já encerraram votação para as eleições presidenciais até 7h deste domingo (7).

Assim que a votação é concluída em uma seção eleitoral, o chefe daquela seção imprime o boletim e o fixa na porta. O resultado final, no entanto, só será divulgado com os números do Brasil, na noite deste domingo.

Ao todo, há 500.727 eleitores brasileiros aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países.

Nova Zelândia, Austrália, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan, Cingapura, Filipinas, Malásia, Hong Kong, Timor Leste, Indonésia, Vietnã, Tailândia, Índia e Nepal concluíram votação até a manhã deste domingo, 7. Omã e Emirados Árabes Unidos devem encerrar a votação por volta das 10h15, segundo o TSE.

Em 2014, 354.184 eleitores brasileiros estavam cadastrados no exterior. De acordo com o TSE, o crescimento de 41,37% se deve a uma parceria entre o tribunal e o Ministério das Relações Exteriores que possibilitou a adoção de medidas que facilitaram o cadastramento eleitoral de brasileiros residentes no exterior.

Nova Zelândia, Austrália, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan, Cingapura, Filipinas, Malásia, Hong Kong, Timor Leste, Indonésia, Vietnã, Tailândia, Índia e Nepal concluíram votação até a manhã deste domingo, 7. Omã e Emirados Árabes Unidos devem encerrar a votação por volta das 10h15, segundo o TSE.

Em 2014, 354.184 eleitores brasileiros estavam cadastrados no exterior. De acordo com o TSE, o crescimento de 41,37% se deve a uma parceria entre o tribunal e o Ministério das Relações Exteriores que possibilitou a adoção de medidas que facilitaram o cadastramento eleitoral de brasileiros residentes no exterior.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação