Projeto cria espaço para preservação do patrimônio da artista Rita Queiroz


O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), apresentou projeto de lei que cria espaço permanente para exposição e preservação do patrimônio histórico e cultural da artista plástica rondoniense Rita Queiroz, que foi doado por ela ao Estado.

“A Rita Queiroz é considerada uma das maiores artistas plásticas de Rondônia e nos apresentou este pedido. Com o projeto de lei, fica definida a criação de um espaço físico permanente e adequado para a exposições do acervo amplo”, destacou Maurão.

Aberto ao público, o local deverá contar com, pelo menos, 200 metros quadrados reservados para exposição e mais duas salas amplas para a projeção de vídeos, acervos de jornais, premiação e pesquisa virtual sobre a vida e obra da artista.

Para isso, o projeto ainda prevê o custeio do transporte do acervo da artista de Anapólis, em Goiás, para Porto Velho. Outra medida prevista na lei é a realização de ações educativas, com a divulgação e incentivo à visitação do acervo.

Rita Queiroz

Nascida em Porto Velho, na comunidade ribeirinha de Bom Será, às margens do rio Madeira, em 2 de dezembro de 1936, Rita Queiroz é filha de Antônio Ferreira Queiroz e de Dionízia Farias de Mendonça. Ela teve três filhas.

A artista é importante não apenas pelas obras de arte que produz, mas por seu pioneirismo e ativismo no movimento cultural de Rondônia. Ao longo de pelo menos quatro décadas de atuação, ela levou a sua arte ao encontro da população, com atividades em escolas, praças públicas, presídios e hospitais.

Também realizou diversas exposições no Brasil e no exterior, sempre divulgando de forma positiva Rondônia, sua cultura, suas tradições e sua gente.

Fonte: ALE/RO – DECOM

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação