Prefeitura vai plantar 600 novas mudas em conjunto


Por meio do programa “Cidade mais Verde”, a Prefeitura da Capital vai promover o plantio de 600 mudas de árvore no conjunto habitacional Cristal da Calama, na zona leste de Porto Velho. A ação, que terá a presença do prefeito dr Hildon Chaves, abre a programação da Prefeitura e parceiros, em comemoração ao Dia da Árvore (21), a partir das 8h. O plantio será realizado de forma simultânea, em uma só manhã. O Programa prevê que sejam plantadas 3.000 mudas no conjunto até fevereiro de 2018.

O Dia da Árvore é comemorado no Brasil em 21 de setembro e tem como objetivo principal a conscientização a respeito da preservação desse bem tão valioso. A data, que é diferente em outras partes do mundo, foi escolhida em razão do início da primavera, que começa no dia 23 de setembro no hemisfério Sul.

conjunto calama

conjunto Cristal da Calama

Segundo o prefeito dr Hildon Chaves, o conjunto Cristal da Calama receberá uma atenção especial da Prefeitura.

“Já anunciei o asfaltamento das vias de acesso ao Cristal da Calama e agora para garantir a qualidade de vida dos moradores estamos programando plantar mais de 3000 mudas de árvores. Nos próximos dias, cada morador ao receber a sua chave também receberá a sua muda para ser plantada em seu terreno. Essa ação proporcionará que em dois ou três anos tenhamos um conjunto com muita qualidade ambiental devido ao elevado número de árvores plantadas”, disse dr Hildon.

A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais que possuímos. As diversas espécies arbóreas existentes são fundamentais para a vida no planeta porque aumentam a umidade do ar graças à evapotranspiração, evitam erosões, produzem oxigênio no processo de fotossíntese, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo para algumas espécies animais.

O secretário municipal do Meio Ambiente, Robson Damasceno, relata que além de produzirem alimentos, as árvores também possuem outras aplicações fundamentais para a sobrevivência da humanidade. “O desenvolvimento de Rondônia tem sua parcela de contribuição com a utilização das mais variadas formas de produtos e subprodutos provenientes das árvores. É nosso dever cuidar deste rico patrimônio. Já temos técnicas de exploração que garantem a sustentabilidade, não sendo necessário, de forma alguma, o desmatamento ilegal”, comentou o secretário.
Além de ser utilizada como matéria-prima para a criação de móveis e construção de casas, algumas espécies apresentam aplicabilidade na indústria farmacêutica por possuírem importantes compostos.

Em virtude da grande quantidade de utilizações e da expansão urbana, as árvores são constantemente exterminadas, o que resulta em grandes áreas desmatadas. O desmatamento afeta diretamente a vida de toda a população, que passa a enfrentar erosões, assoreamento de rios, redução do regime de chuvas e da umidade relativa do ar, desertificação e perda de biodiversidade.

“O dia 21 de setembro deve ser visto como um dia de reflexão sobre nossas atitudes em relação a essa importante riqueza natural. Esse dia é muito mais do que o ato simbólico de plantar uma árvore e deve ser encarado como um momento de mudança de postura e conscientização de que nossos atos afetam as gerações futuras”, avalia dr Hildon.

“É importante também haver conscientização a respeito da importância da conservação, bem como da necessidade de criação de políticas públicas que combatam a exploração ilegal de árvores”, complementa Robson Damasceno.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação