Prefeitura procura novos métodos para facilitar a vida de deficientes


Diversos setores da prefeitura vêm trabalhando para que a administração do dr Hildon Chaves defina políticas públicas voltadas para a inclusão social e no mercado de trabalho por portadores de necessidades especiais. O trabalho é coordenado por Jailton Delogo e reúne informações junto às secretarias de Saúde, de Obras, de Transportes, da Assistência Social e Família e da Educação.

“Estamos fazendo o levantamento do que faz cada secretaria para pessoas com deficiências físicas ou necessidades especiais, seja no atendimento em seus ambientes, seja na execução de medidas e intervenção na cidade. Isso é feito através de sugestão e implantação de melhorias ambientais da cidade”, diz Jailton.

Delogo, ele próprio um deficiente visual e auditor de controle externo do Tribunal de Contas, realiza esse trabalho voluntário para a Prefeitura. Na última sexta-feira, por exemplo, esteve com o Zenildo Santos, da Educação.

BARREIRAS

Na avaliação de Jailton, depois de ter as informações detalhadas, será a vez de dividir a cidade de Porto Velho em polos, a partir de reuniões com deficientes, “para ouvi-los como contribuição para as melhorias de que necessitam, atendendo-as na medida do possível”. Há preocupação, por exemplo, com tampas de bueiros, bocas de lobo e rampas de acesso a repartições municipais etc. Será agendado também um café para aproximadamente 300 pessoas.

NAS REDES

Nas redes sociais foi disponibilizado, ainda em fase experimental, um canal no youtube e também no facebook, denominado portovelhopromovendoainclusao.

Fonte: Assessoria

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação