Prefeitura de Porto Velho quer fortalecer cafeicultura nos distritos da capital


Cerca de 300 produtores participaram do evento “Dia sobre a Cafeicultura”, no distrito de União Bandeirante, promovido pela Prefeitura de Porto Velho, por meio da Subsecretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric). A emater foi parceira no evento.

Eles aprenderam sobre a comercialização do café, classificação, tratos culturais, irrigação, controle de pragas, doenças e agrotóxicos. O dia de campo foi realizado no Linhão, Km 01 da cafeeira Rio Nilo, na propriedade do produtor Valdemir Sudário.

O produtor tem uma área de aproximadamente 6 hectares com 14 mil pés de café clonal. Valdemir Sudárioexplicou que para evitar a falta ou o excesso de nutrientes, é preciso observar todos os aspectos da lavoura, desde a produtividade até as características do solo, além da eficiência para nutrir a lavoura de maneira mais econômica.

Município – Incentivo

De acordo com ele, o café sempre tem altos e baixos. “A questão é que quando aumenta muito a produção, o preçotende a reduzir, mas parece que temos pela frente um período razoável para essa cultura em Porto Velho”, aponta.

O prefeito Hildon Chaves, representado no evento pelo secretário Geral de Governo, Luiz Fernando Martins,afirmou que a meta do Município é fortalecer a produção cafeeira e, para isso, segundo ele, é fundamental asparcerias entre a Embrapa e a Emater na capacitação dos agricultores. “O prefeito quer oferecer as condições necessárias para facilitar a produção rural”, enfatizou Luiz.

De acordo com o subsecretário da Semagric, Francisco Evaldo de Lima, a atividade cafeeira atualmente é uma das bases para economia dos distritos da capital. “Qualificações como essa disponibilizadas pela Prefeitura sóacrescenta valores a cultura do nosso café”, afirmou.

Fonte: Semagric

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação