Prédio da antiga Câmara é a nova sede do Conselho Municipal de Educação


Foi inaugurada na tarde desta terça-feira (7), a nova sede do Conselho Municipal de Educação de Porto Velho (CME). O colegiado agora passa a funcionar no antigo prédio da Câmara Municipal, na ladeira Comendador Centeno, à Rua José Bonifácio, próximo da Biblioteca Francisco Meireles, região central da cidade. A solenidade foi prestigiada por diversas autoridades, professores, escritores, poetas e historiadores.

A secretária municipal de educação, Francisca das Chagas Holanda, que representou o prefeito Mauro Nazif, destacou a iniciativa do CME em transformar o prédio em um “centro de estudos e de conhecimento da história e da cultura de Porto Velho”. Na opinião da secretária, o Conselho “não poderia estar em lugar melhor e com objetivo maior”.

Francisca das Chagas também avaliou que o trabalho a ser realizado pelo CME vem somar com o projeto da gestão municipal que está voltado para a valorização da educação como um todo, o que incluiu a história e a cultura do Município, começando pelos profissionais e melhoramento da estrutura. “Estou feliz em poder contribuir com esse projeto”, comentou.

O presidente do Conselho, professor Mário Jorge de Oliveira, enfatizou que “educação e cultura são inseparáveis”. A nova sede, segundo ele, vai proporcionar um trabalho com mais eficiência por parte dos conselheiros e demais servidores. Além disso, o prédio será uma referência para que as pessoas conheçam a história de Porto Velho. “Queremos que alunos, professores e acadêmicos visitem este prédio. Nosso objetivo é investir na conservação deste patrimônio e no valor da sua memória”, declarou.

Ainda de acordo com Mário Jorge, no local haverá uma galeria para que escritores e historiadores possam expor suas obras. Além disso, o CME pretende firmar parceria com a Câmara Municipal para que todo acervo do Poder Legislativo seja transferido para a nova sede do Conselho. Ao final, o presidente do colegiado agradeceu a todos os envolvidos na restauração do prédio, ao prefeito Mauro Nazif, Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur) por cederem o espaço para abrigar o CME.

História

O sobrado que abriga o CME foi construído no início de 1920 para ser a residência do comerciante português João Soares Braga. De 1924 a 1964 foi a primeira sede da prefeitura. Nos anos seguintes foi sede do Corpo de Bombeiros, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Câmara Municipal e Quartel do Batalhão Feminino da Polícia Militar, dentre outros. Após vários anos abandonado, foi restaurado por iniciativa da Câmara Municipal e reinaugurado em dezembro de 2014. Posteriormente ficou sob a responsabilidade da Semdestur.

Fonte: Comdecom / Augusto José

Fotos Frank Nery

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação