O ENEM e os grandes temas da História: AS REVOLUÇÕES


Morte de Robespierre na guilhotina, fato que marcou o fim do Período do Terror na França. Fonte: patriahistoria.blogspot.com

Morte de Robespierre na guilhotina, fato que marcou o fim do Período do Terror na França. Fonte: patriahistoria.blogspot.com

Uma forte tendência do ENEM, e que tem se mantido nos últimos anos, é a análise dos processos revolucionários em suas provas, de modo geral, as grandes revoluções que provocaram rupturas, sejam elas de cunho social, político, religioso ou econômico e que influenciaram de forma decisiva a formação da sociedade contemporânea. Uma revolução é uma mudança profunda nas instituições políticas, econômicas, culturais e morais de um época ou lugar. Essa mudança pode ser repentina, contínua ou progressiva, mas sempre transforma o local que a vivencia ou vai além, servem de bases ideológicas para outras revoluções além de sua gênese.

Listo aqui uma síntese das principais revoluções que abalaram o mundo, baseado em um quadro síntese publicado pela revista “Guia do Estudante”. O fundamental é compreender os fatores que a determinaram bem como suas consequências, ao aluno que irá fazer a prova é importante que possa ter em mente respostas para arguições como: Que fatores foram determinantes para a culminância da revolução? Quais elementos sociais estão envolvidos e qual o papel de cada um? Provocou rupturas? Quais? Enfim, é primordial que se faça uma relação entre causa, fases e consequências, seja ela qual revolução

REVOLUÇÃO INGLESA (1640 – 1689): Série de transformações políticas e sociais ocorridas durante o período da Inglaterra que culminaram com o fim do poder absoluto dos reis e o fortalecimento do parlamentarismo. Importante compreender que este sistema permanece ainda hoje como sistema político inglês.

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL (séculos 18 E 19): Representa uma profunda mudança no processo produtivo, econômico e social na Inglaterra e, posteriormente, no resto do mundo. As mudanças refletiram na forma de produção (máquinas substituem o trabalho de homens), nas relações de trabalho, nas relações entre países e no sistema econômico vigente (capitalismo). Primordial verificar a relação entre o antes e o depois nas relações de trabalhe e de produção.

REVOLUÇÃO FRANCESA (1789 – 1799): Considerada uma das maiores revoluções da história, a Revolução Francesa acabou com os privilégios do Clero e da Nobreza, aboliu a servidão e os direitos feudais e declarou os princípios universais de “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, inspirando diversos outros movimentos no mundo inteiro.

REVOLUÇÃO CHINESA (1911-1949): A revolução começa com a derrubada da dinastia Manchu e a proclamação da República da China e culmina com a Revolução Comunista e a chegada de Mao-Tsé Tung ao poder.

REVOLUÇÃO CUBANA (1953 – 1959): Começou com um movimento armado contra o ditador Fulgêncio Batista no qual lutaram Fidel Castro e Che Guevara (foto). A derrubada do presidente foi seguida da implementação do governo socialista. Compreender que o regime cubano já não se sustenta desde o fim da União Soviética, na década de 90 e que recentemente tem reatado suas relações com o mundo capitalista.

CONQUISTA DOS DIREITOS CIVIS PELOS NEGROS NOS EUA(1950-1960): Após décadas de segregação racial nos Estados Unidos, os negros americanos, liderados pelo adepto da não violência, Martin Luther King, conquistaram direitos civis através da revisão das leis racistas em vigor no país.

MAIO DE 68 (1968): Greve geral ocorrida na França liderada pelo movimento estudantil que buscava o fortalecimento de políticas de esquerda. É considerado um dos movimentos sociais mais importantes do século 20.

DIRETAS JÁ (1983 – 1984): No fim da Ditadura Militar no Brasil, milhares de civis foram às ruas protestar por eleições diretas para presidente. A reivindicação não foi atendida de imediato, mas no ano seguinte os adeptos do movimento conseguiram uma vitória com a eleição de Tancredo Neves para presidente.

FIM DO APARTHEID (1994): Em 1994, os sul-africanos, liderados por Nelson Mandela, conseguiram por um fim ao violento regime racista em vigor na África do Sul durante boa parte do século 20.

REVOLUÇÃO RUSSA (1917): Conflito que derrubou o regime czarista russo e instaurou o socialismo dando origem à União Soviética, o primeiro país socialista do mundo.

E para “motivar”, termino este artigo com a adaptação de um texto de um aluno meu que foi chamada a escrever sobre “As dificuldades da adolescência atual:” “Adolescente é buzinado dia e noite: tem que estudar para o vestibular, aprender inglês, usar camisinha, dizer não às drogas, não beber quando dirigir, dar satisfação aos pais, ler livros que não quer e administrar dezenas de paixões fulminantes e rompimentos. Não tem grana para ter o próprio canto, costuma deprimir-se de segunda a sexta e só se diverte aos sábados, em locais onde sempre tem fila”. É o apocalipse. Calma crianças, a vida apenas está começando. Boa prova.

1 Comentário

  1. Izis outubro 18 às 13:29

    Brilhante professor. ..que nossos alunos aproveitem suas dicas e seus textos são excelentes! Que venha o Enem!

    Responder

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação