Não houve ligação para casa de Bolsonaro no dia e hora indicados pelo porteiro


Sistema do condomínio mostra ligação às 17h13 para a casa nº 65; a casa de Bolsonaro é nº 58

O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente da República, divulgou em seu twitter um vídeo mostrando que no sistema informatizado do condomínio, ao contrário do suposto depoimento do porteiro, não registra qualquer ligação de interfone à casa de Jair Bolsonaro notificando a visita de um envolvido no caso Marielle.

A Globo, sabendo dos fatos e podendo esclarecê-los, preferiu levantar suspeitas contra o Presidente e alimentar narrativas criminosas”, diz Carlos Bolsonaro em sua página no Twitter.

O filho de Bolsonaro aparece no vídeo com a tela do computador aberta, na administração do condomínio na Barra da Tijuca, onde fica a casa de Jair Bolsonaro. Ele também residente ali, por isso teve acesso. O sistema grava as ligações de interfone. Carlos inclusive mostrou o áudio para mostrar que a voz não é a do presidente.

carlos y

No vídeo, Carlos Bolsonaro aponta os registros afirmando que “um simples acesso aos registros internos do condomínio mostra que no dia 14/03/2018 NENHUMA solicitação de entrada foi feita para a casa 58”, a casa do presidente.

Nesse mesmo dia, às 17h13, segundo consta no computador exibido por Carlos Bolsonaro, há apenas um registro de ligação de interfone para a casa nº 65, de Ronny Lessa, um dos suspeitos de envolvimento no crime.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação