‘Não é fácil o que ele vai passar’, diz Roberto Jefferson sobre Lula


“Não é fácil o que ele vai passar, não. Eu já passei por isso e sei bem. É ruim.” Condenado a sete anos pelo envolvimento no caso do mensalão e preso por 14 meses, o ex-deputado Roberto Jefferson comentou dessa forma o fato de o ex-presidente Lula ter se tornado réu nesta sexta (30), acusado de tentar obstruir a Lava Jato.

Jefferson acabou condenado e preso após denunciar o esquema de corrupção batizado de mensalão, em 2005, o que quase implodiu o governo do então presidente Lula. Reabilitado pelo STF em março, após um indulto de sua pena, Jefferson está de volta à política, presidindo o mesmo PTB.

Na convenção do partido em São Paulo, ele foi apresentado como “o homem que mudou a história deste país”.

Sobre Lula, Jefferson afirmou neste sábado que o ex-presidente tenta “acusar todo mundo para se livrar”. “É o jus esperniandi, é direito dele”. Mas diz não se sentir vingado por isso. “Ele tem meu respeito como ser humano. Não é uma satisfação [vê-lo como réu], não desejo isso para ninguém.”

“Não quero julgar ninguém, desejo a ele força para que possa enfrentar isso de cabeça erguida”, afirmou.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação