Mulheres podem visitar maternidade para saber mais sobre o parto humanizado


A Maternidade Municipal Mães Esperança oportuniza, às gestantes que fazem o acompanhamento do pré-natal nas unidades básicas de saúde, o projeto ‘Mamãe Coruja’, para oferecer, à futura mamãe, orientações e sanar dúvidas sobre o serviço oferecido na unidade, o parto humanizado. Também é um momento em que a gestante pode conhecer as instalações da unidade e receber apoio psicológico e acolhimento dos profissionais que a atenderão no momento do parto.

Mamãe de primeira viagem, Sara Mendonça é uma das beneficiadas pelo projeto. “Achei a ideia ótima, me fez sentir bem mais segura.”

A Maternidade de Porto Velho realiza cerca de 400 partos por mês, sendo que destes 75% são normais e 25% são cesarianas. Em 2018, foram 3 918 partos.

O serviço é referência em trabalho de parto humanizado. Em que a gestante é o alvo das atenções. Ela tem a possibilidade de ter um acompanhante da escolha dela que participa de todas as atividades até o momento em que vai para enfermaria.

“Temos uma equipe psicossocial, com psicólogo, assistente social dando apoio, otimizando a amamentação e auxiliando na dificuldade que a mãe possa encontrar, para que o momento do parto seja respeitado e a mulher receba a melhor assistência possível”, explica a gerente da maternidade, Marilene Penati.

Fonte: Comdecom

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação