MANIFESTAÇÕES POR IMPEACHMENT DE DILMA SÃO REGISTRADAS EM TODO O PAÍS


Com um comparecimento popular menor que o verificado em março e setembro, o domingo foi marcado, em todo o País, pelos primeiros grandes protestos antigoverno depois que o processo de impedimento da presidenta Dilma Rousseff foi acolhido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Os eventos, realizados à tarde, atenderam ao chamado de movimentos como o Brasil Livre.

Em Brasília, segundo a PM (Polícia Militar), 6 mil pessoas seguiram carros de som com palavras-de-ordem, cartazes e faixas, em um ato encerrado com a cremação simbólica de um caixão do PT na Esplanada dos Ministérios.

Em São Paulo, pelo menos 30 mil pessoas se concentraram na avenida Paulista, enquanto 5 mil cariocas se dirigiram à Praia de Copacabana para pedir o afastamento de Dilma. Em Belo Horizonte (MG), a Praça da Liberdade recebeu 3 mil vozes de insatisfação política.

Nos demais Estados, a participação também foi menos ostensiva, se comparada aos os eventos anteriores. Na Região Sul, as adesões alcançaram 7 mil em Curitiba (PR), 1,2 mil em Florianópolis (SC) e cerca de mil em Porto Alegre, no Parque Farroupilha.

Com maior ou menor contingente, também foram promovidos atos nas capitais e principais cidades do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí, Roraima, Sergipe e Tocantins. (AG)

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação