Mais de 4,5 milhões de bovinos já foram vacinados contra febre aftosa em Rondônia


De acordo com dados da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), até o início da manhã desta quinta-feira (03), mais de 36% do rebanho de bovinos e bubalinos do Estado já tiveram sua vacinação declarada na Idaron. Nesta Etapa de Vacinação, todos os bovídeos devem ser imunizados.

Segundo o gerente de Defesa Animal, Fabiano Alexandre dos Santos, este número é o esperado para o meio da campanha, já que os pecuaristas rondonienses declaram mais na segunda quinzena da Etapa de Vacinação.

“Estamos confiantes que mais uma vez o produtor vai atender ao nosso chamado e vacinar seu rebanho”, relatou Fabiano. Ele completa dizendo que o pecuarista de Rondônia já está consciente da importância de imunizar os animais.

Quem ainda não vacinou deve ficar atento aos cuidados com a vacina durante o transporte e a vacinação. “A vacina deve ser mantida em caixa térmica com bastante gelo para manter a temperatura certa. Lembrando que ela não pode ser congelada”.

Para declarar a vacinação, o produtor deve ir até à Idaron com a nota fiscal de compra da vacina e a relação do rebanho, separado por faixa etária e sexo.

“A gente pede para o produtor declarar assim que vacinar para evitar filas”, finaliza o presidente da Idaron, Anselmo de Jesus.

O prazo para vacinar segue até 15 de novembro e o para declarar a vacinação até 22 de novembro. Quem não vacinar será multado em R$ 152,72 por animal não vacinado e para quem não declarar a multa é de R$ 152,72 por propriedade.

Fonte: Assessoria

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação