Maceió teve “enterro” da Globo em protesto contra a emissora e o STF


Ato foi organizado pelo Movimento Brasil, que acusa a emissora de tentar “manipular” espectadores

A orla de Ponta Verde, em Maceió, foi palco de um protesto do Movimento Brasil contra a Globo com direito a “enterro” da emissora (vídeo abaixo). O ato, segundo integrantes, foi motivado pela “falta de compromisso com a verdade” e por tentar “manipular” os espectadores.

O estopim foi a reportagem da emissora sobre o porteiro do condomínio Vivendas da Barra, onde Jair Bolsonaro tem residência, acusando o presidente de ter liberado acesso a um dos acusados do assassinato da vereadora Marielle Franco, em 2018. O Ministério Público do RJ explicou que o porteiro mentiu e que Bolsonaro estava em Brasília no dia.

“O objetivo é nos manifestarmos contra a Globo, por sua falta de profissionalismo e compromisso com o jornalismo de verdade. No momento em que ela publica uma matéria, onde ela já sabe que é uma mentira e, de forma leviana, confunde as pessoas, em cima de um fato que já havia sido desmentido”, explica o líder do Movimento Brasil, Leonardo Dias.

De acordo com a organização, o ato iniciou às 9h e deve seguir até o início da noite. Os manifestantes colocaram na areia cartazes, faixas, coroa de flores e um caixão. Além da Globo, também há citações de repudio ao Supremo Tribunal Federal (STF) e 57 cruzes pintadas. “São 57 cruzes pintadas, simbolizando os 57 milhões de votos que o presidente teve. Simbolizando as pessoas que confiam no trabalho dele”, explica o líder do Movimento Brasil. (Com informações do CadaMinuto).

Veja o vídeo:

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação