Lula se desculpa por ‘Frase totalmente infeliz’


Durante entrevista sobre a crise da COVID-19, ex-presidente cometeu gafe ao dizer que ‘ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus’

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu desculpas nesta quarta-feira (20) pela frase dita em uma entrevista para debater a crise do novo coronavírus. Durante as falas, Lula disse que “ainda bem que natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus”. A live do ex-presidente ocorreu no Facebook.

“Usei uma frase infeliz, que não cabia, para tentar explicar que é no auge da crise que a gente entende a importância do SUS e do Estado. Peço desculpas a quem se sentiu ofendido”, afirmou o ex-presidente.
Durante a transmissão ao vivo, Lula disse que tentou “usar uma palavra para explicar que, no menosprezado SUS, é no auge da crise que a gente começa a descobrir a importância da instituição”. De acordo com ele, a frase foi “totalmente infeliz” no contexto.
Lula ainda disse que poderia ter usado a palavra “infelizmente”, em vez de “ainda bem” e teria soado completamente diferente.
“Eu sou ser humano movido a coração, eu sei o sofrimento que causa a pandemia, não poder enterrar seus parentes, eu não saio de casa do dia 12 de março até agora. Nasceu netinha minha e eu não fui ver. Acredito piamente, enquanto não tiver remédio, a melhor solução para não pegar a doença é ficar em casa”, acrescentou, defendendo o isolamento social.
Na declaração original, o ex-presidente afirmou que uma pandemia como a do coronavírus precisa ser tratada por um estado forte. No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem mostrado ser contra o isolamento social e, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) os governadores decidem como cada estado deve agir. Segundo Lula, isso soa como enfraquecimento.
Ele ainda lembrou a queda de dois ministros da Saúde, o que acaba, na opinião dele, deixando o país vulnerável.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação