Ligações de fixo para celular ficam mais baratas


Nesta sexta-feira (26), a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu reduzir o preço de ligações de telefones fixos para celulares.

As chamadas locais e interurbanas de fixo para móvel ficaram até 22,35% mais baratas a partir de hoje. O motivo é a redução dos valores de referência para tarifas de pagamento de redes móveis.

Houve também a unificação das tarifas das chamadas fixo-móvel local. Assim, o usuário de telefone fixo pagará o mesmo valor para uma chamada local, independente da operadora móvel de destino.  As novas regras valem para todas as chamadas de telefone fixo para celular locais ou de longa distância feitas por números da Oi (Telemar e Brasil Telecom), Telefônica, CTBC/Algar, Claro/Embratel e Sercomtel.

A maior redução da tarifa para telefones fixos é a da Telemar Norte Leste S.A., que está 22,35% mais em conta para o consumidor. No caso do Algar Telecom, a queda no preço foi de 19,25%. Em terceiro lugar está a Brasil Telecom S.A., com recuo de 18,52% na tarifa.

Para usuários da Sercomtel, que atua no norte do Paraná, a queda é de 17,80%. Por fim, os consumidores da Telefônica Brasil S.A. já pagam 14,95% a menos pelo serviço.

Para entender, uma chamada local fixo-móvel em São Paulo que custava entre R$ 0,26 a R$ 0,46 passou a custar R$ 0,24854. No Rio de Janeiro, a chamada que variava entre R$ 0,27 a R$ 0,45 agora vai sair por R$ 0,23831.

“DDD parecido”

 Também ficou mais barato ligar de fixo para móvel de telefones cujos DDDs de origem e de destino têm apenas o primeiro dígito igual — como ligar de Brasília (61) para Goiânia (62), de Curitiba (41) para Florianópolis (48) ou de São Paulo (11) para Campinas (19), por exemplos. A redução vai de 9,15% a 14,04%, a depender da operadora de origem da chamada.

Por exemplo, antes da mudança da tarifa, um usuário da Brasil Telecom S.A. com plano básico que ligava de Brasília (DDD 61) para Goiânia (DDD 62) pagava R$ 0,77506 pela chamada. A partir de agora, a mesma ligação sairá R$ 0,69919.

Veja as reduções de acordo com a operadora de origem:

Telefônica Brasil S.A. — 9,15%
Brasil Telecom S.A — 9,79%
Claro S.A. — 9,91%
Sercomtel — 10,38%
Telemar Norte Leste S.A. — 13,06%
Algar Telecom — 14,04%

DDDs diferentes

Por fim, em caso de DDDs completamente diferentes, como o 31 e o 11, por exemplo, a redução será entre 7,73% a 11,80%, conforme a operadora de origem da chamada.

Por exemplo, antes da mudança da cobrança, um cliente da Telemar Norte Leste S.A. com plano básico de Minas Gerais pagava R$ 0,87114 para fazer uma chamada deste tipo. Agora este mesmo usuário pagará R$ 0,77484 pela mesma ligação.

Veja as reduções de acordo com a operadora de origem:

Telefônica Brasil S.A. — 7,73%
Brasil Telecom S.A — 8,32%
Claro S.A. — 8,37%
Sercomtel — 8,86%
Telemar Norte Leste S.A. — 11,05%
Algar Telecom — 11,80%

Fonte: R7

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação