Instalada no Quênia primeira usina solar que transforma água do oceano em potável


Sabemos que a falta de água é um problema que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. No entanto, a realidade em números pode ser ainda mais assustadora.

A estimativa é de que 2,2 bilhões de pessoas, o que corresponde a 28% da população mundial, não tenham acesso correto à água potável.

Isso é realmente assustador. Como é possível, em um planeta coberto por 71% de água, que pessoas não possam tomar banho ou matar a sua sede com água limpa e potável? Por mais que essa realidade pareça muito distante de nós, a verdade é que está muito mais próxima do que imaginamos, e precisamos encontrar uma maneira de fazer a distribuição de água potável acontecer de maneira igual para todos os cantos do mundo.

Talvez uma das maneiras mais certas de transformar essa realidade é aprendermos a tornar potável a água do mar, e ainda que pareça difícil, os primeiros passos já foram dados na África, em uma pequena cidade do Quênia chamada Kiunga.

foto 1

A ONG GivePower desenvolveu uma estação de tratamento que usa a energia do Sol para converter a água salgada em doce. A estação situa-se na cidade de Kiunga, que foi escolhida porque se localiza na África Subsaariana, uma das regiões mais precárias do continente, quando se trata de distribuição de água potável.

A GivePower usa uma tecnologia chamada “Solar water farms” (fazendas solares de água), por meio da qual são instalados painéis solares que podem produzir até 50 quilowatts de energia, baterias Tesla de alto desempenho e duas bombas hídricas que operam 24 horas por dia.

ONG instala painéis solares em 17 países; Haiti e Colômbia deverão ser os próximos

01a

O projeto, que ainda está no período inicial, já tem provocado transformações positivas na vida dos moradores de Kiunga, cidade fundada por pescadores. A ONG agora pretende levar a tecnologia para outros países que também precisam de mais água potável, como Colômbia e Haiti.

O sistema desenvolvido pela GivePower consegue abastecer 35 mil pessoas com água potável diariamente. A ONG afirma que a qualidade da água produzida por sua tecnologia é de melhor qualidade do que a provinda de usinas de dessalinização típicas e seu impacto ambiental é muito inferior ao destas.

02

Estimativas mostram que até 2025, metade da população do planeta viverá em áreas que enfrentam escassez de água. Por isso, o trabalho de empresas como a GivePower é fundamental para garantir a todas as pessoas água potável.

Sabendo do tamanho da responsabilidade de sua iniciativa, a GivePower já começou a instalar painéis solares em mais de 2.500 escolas, empresas e instituições filantrópicas de 17 países, e está arrecadando dinheiro para construir mais “fazendas solares de água” em países subdesenvolvidos que sofrem com a falta de água, para que as pessoas desses lugares possam ter melhor qualidade de vida.

03

A água é, com certeza, um dos bens mais preciosos da humanidade, sem ela não existiria vida e é por isso que precisamos lhe dar valor. Se você tem água suficiente para todas as suas necessidades diariamente, seja grato por isso e poupe sempre que possível. Faça a sua parte, por menor que seja, para a preservação desse grande tesouro.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação