Governo de Rondônia promove II Workshop de Ciência, Tecnologia e Inovação. Evento acontecerá nesta segunda feira


Francisco Elder Souza de Oliveira, Presidente da Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero)

O II Workshop de Ciência, Tecnologia e Inovação do estado de Rondônia será realizado nesta segunda-feira, dia 12, durante todo o dia no auditório do Larison Hotel, evento que tem por objetivo integrar as instituições de pesquisa e desenvolvimento do Estado, incentivar os pesquisadores no desenvolvimento de seus trabalhos técnico-científicos e divulgar para a sociedade os investimentos do governo na área.

Segundo o presidente da Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero), professor Francisco Elder Souza de Oliveira, em quatro anos de coordenação do acordo dos governos federal e de Rondônia que trata da concessão de bolsas de estudo e programas de apoio à pesquisa foram investidos R$ 30 milhões.

“Isso é algo jamais visto na história de Rondônia. A soma dos esforços entre governos federal e estadual no desenvolvimento da ciência tem gerado bons resultados e aumento na demanda por parte dos pesquisadores”, diz Francisco Elder.

Somente neste ano de 2016 a Fapero lançou 11 chamadas públicas, envolvendo recursos para o programa de bolsas nas categorias de iniciação científica, pesquisador visitante sênior, mestrado e doutorado regular e docente, pós-doutorado, iniciação científica júnior e desenvolvimento regional e para os programas de apoio à pesquisa, destacando-se o Pró-Rondônia, Programa de Educação Básica e Programa do Laboratório de Qualidade do Leite.

Francisco Elder realça como a grande conquista a ativação do laboratório de qualidade de leite, instalado na Embrapa, que contribuirá de forma expressiva para o desenvolvimento do setor produtivo leiteiro. “Este laboratório atenderá toda a Amazônia, está em fase de calibragem”, afirma. Analises fitossanitárias e microbiológicas do leite feitas fora do estado passarão a ser feitas nesse laboratório.

Em relação ao primeiro workshop, realizado em abril de 2014,  o presidente da Fapero observa que no decorrer desse tempo houve relevante aumento na demanda por bolsas e participação em chamadas públicas para pesquisa. “Antes sobravam vagas, a oferta era maior que a demanda. Agora a demanda é maior do que a oferta”, diz.

O II Workshop de Ciência, Tecnologia e Inovação do estado de Rondônia reunira diversas instituições públicas e universidades. Será feita a divulgação dos projetos contemplados nas chamadas Fapero/2016 e simbolicamente entregue um termo de outorga a pesquisador contemplado com recursos de uma das chamadas públicas lançadas pela instituição estadual de pesquisa.

A mesa de abertura contará com a presença de representantes da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog); Universidade Federal de Rondônia (Unir); Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (Ifro); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação