Governo de Rondônia manifesta pesar pela morte do comunicador Santiago Roa Júnior


“Nos sentimos pesarosos com a perda do comunicador Santiago Roa Júnior, pessoa notável neste estado e que muito alegrou as pessoas na prestação de relevantes serviços artísticos: à família enlutada, nosso respeito e nossos sentimentos neste delicado momento”.

Assim o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, manifestou-se a respeito da morte do comunicador Santiago Roa Júnior, que faleceu ontem (30) de parada cardíaca, aos 45 anos, depois de dois meses de enfermidade.

Santiago Roa, como era conhecido, notabilizou-se no mundo artístico rondoniense – palco, rádio e TV –, mas também ficou conhecido noutros estados, especialmente em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Jornalista, radialista, professor universitário, Santiago estava internado desde julho no Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron).  Ali permaneceu, ocupou um leito de UTI e seu quadro de saúde até evoluía, antes de sofrer complicações e ter parada cardíaca.

“Tanto quanto a imprensa, a população que o conhecia, sobretudo familiares e amigos, fomos pegos de surpresa com a notícia. Que Deus Pai o receba em bom lugar”, disse o governador Marcos Rocha.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação