Ex-secretário de Eduardo Paes é preso em desdobramento da Lava Jato


Agente da Polícia Federal estão nas ruas do Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira para cumprir novos mandados, em mais um desdobramento da Operação Lava Jato no Estado. Foi preso Alexandre Pinto o ex-secretário de obras da gestão Eduardo Paes (PMDB), de acordo com o site do jornal O Estado de S.Paulo.

Alexandre Pinto foi preso em casa, em um condomínio da Zona Oeste do Rio. A investigação da força-tarefa do Ministério Público Federal, no Rio, mira na gestão municipal nesta nova fase da operação.

Lava Jato – No dia 1 de agosto, o Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) aprovou a prorrogação da força-tarefa da Operação Lava Jato. Com a medida, a atual estrutura de 14 procuradores, entre eles Deltan Dallagnol, será mantida pelo menos por mais um ano no braço da procuradoria em Curitiba.

A força-tarefa foi criada em 2014 pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Na época, seis procuradores passaram a investigar os fatos iniciais apurados pela Lava Jato.

De acordo com dados atualizados pela PGR, até julho deste ano foram abertos 1.700 procedimentos de investigação e realizadas 844 buscas e apreensões, 210 conduções coercitivas e 104 prisões temporárias. Até o momento, 157 investigados foram condenados. As penas somam 1.563 anos de prisão. Por meio dos acordos de delação premiada foram recuperados 10,3 bilhões de reais desviados dos cofres públicos.

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação