Dia 22 de Junho: Porto Velho será a 51ª cidade a receber a Tocha Olímpica


A estratégia de segurança que será montada para o revezamento da tocha olímpica, que estará em Porto Velho no dia 22 de junho, começou a ser discutida entre a prefeitura e as forças de segurança que atuarão no evento. A capital de Rondônia será a 51ª a receber a chama olímpica que virá de Rio Branco (AC), onde estará no dia anterior. O revezamento pelo país inicia no dia 3 de março. Na última quarta-feira, 17, o secretário Geraldo Affonso, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur) e a coordenadora municipal de Turismo, Camila Canova, reuniram com os representantes da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran), Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Exército para discutir o assunto.
Seguranca_tocha_2000px_01No encontro, foi debatido qual a logística necessária para cobrir o percurso que farão os condutores da tocha num trecho de 37,4 quilômetros. Durante todo o trajeto, a Polícia Rodoviária acompanhará o deslocamento da tocha, por meio de uma viatura equipada com GPS que enviará as informações via satélite em tempo real para a central na Capital Federal. “Garantir essa segurança é importante para a realização do evento. O percurso é um trecho longe que abrange não apenas o centro da cidade, mas também, a pedido do prefeito, bairros da zona leste. E é preciso estar afinado, antecipar, planejar o que deverá ser feito para que tudo ocorra sem qualquer transtorno”, explicou o secretário Geraldo Affonso.

Após a reunião, foi feito o reconhecimento de todo o trecho por onde passará a tocha. O percurso definido pela Comitê Olímpico brasileiro tem 26 vias. Já está definido que a escolta ficará a cargo da Polícia Militar, enquanto o trânsito, será incumbência da Semtran junto com a Companhia Independente de Trânsito da Polícia Militar. Falta ainda definir o efetivo que será empregado na operação.

Percurso

A coordenadora municipal de Turismo, Camila Canova, adiantou que a previsão da chegada da tocha em Porto Velho é às 10h30min, no aeroporto Jorge Teixeira, onde será recepcionada pelo prefeito da cidade. No local haverá ainda um café da manhã para autoridades e convidados. Do aeroporto a chama olímpica seguirá para uma visita à comunidade de São Sebastião, localizada na margem esquerda do rio Madeira, onde haverá apresentação de grupos de boi bumbá e quadrilha junina.

A previsão da organização é de que o revezamento, que iniciará na Praça das Três Caixas D’água, inicie às 13h, e os condutores levem cerca de duas horas para fazer todo o percurso. A tocha será conduzida por 167 pessoas de renome na cidade sendo três idosos — um ex-jogador de futebol, uma professora e um ferroviário. Todos foram escolhidos pelo Comitê Olímpico, sendo que 10 foram indicados pela prefeitura e o restante se inscreveu para participar.

O revezamento dos condutores será feito a cada 200 metros. Haverá ainda 10 pontos de coleta onde ficarão 20 condutores aguardando a vez de levar a tocha. Os pontos de coleta serão na Casa de Cultura Ivan Marrocos, escola Padre Chiquinho, escola Joaquim Vicente Rondon, Sesi, colégio Padre Moreti, Sesc, Escola Padrão, escola Professor Daniel Neri, escola Flora Calheiros, Ifro (Calama) e Sesc.

Também estão confirmados quatro locais onde haverá apresentações culturais, eventos que estão sob a responsabilidade da Fundação de Cultura do município (Funcultural). Um no campo de futebol da avenida Jatuarana, ao lado da escola Eduardo Lima e Silva; outro, em frente ao Sesi, na Rio de Janeiro, o terceiro, na avenida Mamoré, em frente a Escola de Música Som na Leste e o quarto ponto na Duque de Caxias, em frente da 17ª brigada.

O trajeto da tocha será: avenida Carlos Gomes, rua Euclides da Cunha, avenida 07 de Setembro, avenida Campos Sales, avenida Jatuarana, Rua Açaí, rua três e Meio, avenida João Pedro da Rocha, avenida Rio Madeira, avenida Amazonas, avenida Mamoré, rua Plácido de Castro, avenida José Amador dos Reis, avenida Amazonas, avenida Mamoré, avenida Calama, avenida Tenreiro Aranha, rua Joaquim Araújo Lima (antiga Abunã), rua Joaquim Nabuco, avenida Carlos Gomes, rua José Bonifácio, avenida Dom Pedro II, avenida Gonçalves Dias, rua Barão do Rio Branco, Rua José de Alencar, avenida Carlos Gomes, avenida Presidente Dutra, rua Padre Chiquinho e avenida Farquar.

Fonte: Comdecom / Joel Elias

Fotos: Medeiros

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação