CNH digital é adiada e só vai ser obrigatória a partir de julho


A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica estava prevista para começar a valer no país inteiro a partir de quinta-feira, 1, mas ela vai atrasar. O Denatran e o Ministério das Cidades anunciaram que a emissão do documento digital só vai ser obrigatória em todo o território nacional a partir do dia 1º de julho.

O atraso na implementação do novo documento ocorre por diversos fatores. Nem todos os estados conseguiram adotar o novo sistema – apenas 13 das 27 unidades federativas brasileiras estão prontas para a CNH eletrônica, e entre os dois estados com mais condutores, São Paulo e Rio de Janeiro, ainda não estão prontos para o novo sistema.

A CNH eletrônica é uma versão digital do documento de papel. Para usá-la, o condutor precisa ter uma versão recente da habilitação com um QR Code, que só começou a aparecer nos documentos emitidos a partir de maio de 2017. Esse código é usado no cadastro do documento dentro de um aplicativo para smartphones.

Com o registro feito, o motorista pode mostrar o documento na tela do aparelho em vez da versão física. O aplicativo também dá acesso a outras informações como pontos e vencimento da carteira de habilitação.

Fonte: OlharDigital

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação