Chamada escolar do município será de 19 a 22 de janeiro


A prefeitura de Porto Velho realiza no período de 19 a 22 de janeiro a Chamada Pública Escolar para o preenchimento das vagas abertas na rede municipal de ensino. Neste ano, o município disponibilizou 4,5 mil novas vagas para as escolas da cidade e do interior.

O processo é realizado para que os pais ou responsáveis dos alunos que ainda não estudam numa escola do município possam efetivar a matrícula de seus filhos. Ao todo, são 25 escolas polos localizadas nas quatro regiões da cidade que estão credenciadas para fazer o encaminhamento das matrículas. Atualmente, o município atende cerca de 50 mil alunos.

Chamada_escolar_800px_03“A chamada escolar é realizada anualmente e visa assegurar o direito à educação, aqueles alunos que estão fora da sala de aula e também para os que querem ser remanejados de uma instituição que não pertença à prefeitura, mas pretendem estudar numa escola do município, explicou Matilde Consuelo Oliveira e Souza, responsável pela chamada escolar da Secretaria Municipal de Educação.

As vagas disponibilizadas são para as classes da educação infantil e ensino fundamental dos 173 estabelecimentos de ensino do município localizado na área urbana e nos distritos de Porto Velho. Na cidade são 104 escolas, entre as chamadas escolas sedes (as que pertencem à prefeitura) e as extensões (que funcionam em locais alugados pela Semed) e 69 no interior.

Para o cadastramento na chamada escolar os documentos necessários são: certidão de nascimento do aluno, declaração de escolaridade, comprovante de residência do responsável e documento de identificação do responsável pelo cadastro.

O ano letivo na rede municipal de ensino está previsto para iniciar no dia 11 de fevereiro, mas quem perder o prazo da chamada escolar ainda terá uma segunda oportunidade na segunda etapa que acontece acontecerá no período de 16 a 18 de fevereiro, no Teatro Banzeiros.

Para a prefeitura, a chamada escolar é um instrumento importante porque, a partir das informações obtidas, é possível planejar melhor o ano letivo. Além de ser um sistema democrático de levantamento de dados, o cadastramento facilita o planejamento institucional para assegurar que nenhuma criança em idade escolar fique sem estudar.

Fonte: Comdecom / Joel Elias

Fotos: Medeiros

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação