BOBAGENS DO DESESPERO


BOBAGENS DO DESESPERO

Quem é Madona para interferir na política brasileira? Nem gostosa ela é mais.

Roger, esse porra vem da casa do kr@lho dar pitaco aqui, vaiado pela maioria dos brasileiros.

O News York Times, um dos maiores jornais do mundo, como todos os jornais estrangeiros de porte, tem seus articulistas de varias ideologias, mas em editorial reconheceu o crime do presidiário (que vergonha para o Brasil – Doutor Honrado) como crime comum, tanto quanto a maioria dos principais jornais do mundo.

E a partir daí, a esquerda brasileira deixou de usar a grande mídia internacional como referência de apoio. Nem mesmo os socialistas Le Monde e El País, como exemplo, deixaram de reconhecer como crime político (depois da lenga-lenga contrária defendida por brasileiros cegos).

O Papa não reconhece o crime como crime político. O Papa é um homem de Paz, não de “nós contra eles”; não divide classes sociais e tem punido os seus corruptos e pedófilos. Já a esquerda brasileira defende corruptos, mentirosos, e continuam enganadores do povo.

ARANTESMas é verdade, essa esquerda submissa, sempre defendeu, defende e continuará a defender a “liberdade”…dos seus condenados pela justiça por crimes comuns. Um péssimo exemplo para as futuras gerações que estão se formando, porque parte da nossa está contaminada, aqui sim, pelo ódio e pela luta de classes, com a falsa fundamentação de inclusão social.

A esquerda irresponsável esquece que a economia não vive de esmolas. Por isso, países como Romênia, a antiga Berlim Oriental (vi pessoalmente a Berlim de hoje, modernizando-se dia-a-dia desde a queda do muro que separou famílias inteiras), Venezuela (cujo povo foge com sede e fome para países fronteiriços) e Cuba fracassaram em seus objetivos.

Icone das ditaduras comunistas, Cuba, recentemente, abriu um pouco sua economia para incentivar investimentos, mas ainda não é o suficiente para a liberdade do seu povo

O problema da esquerda brasileira é que para ela o Brasil não tem soberania, nem mesmo constitucional e ela – a esquerda – contribui para isso. Quando perde apoio popular, corre para seus “companheiros” de outros países” agredindo nossas instituições. É completamente submissa a um partido internacional que falhou no leste europeu e se volta para as Américas.

Para essa esquerda cega o Brasil não existe como nação, mas como objeto de riqueza para fortalecimento dessas organizações.

Pois eu quero é que esses pretensos apoiadores, que cobram fortunas para se apresentarem no Brasil, se phod@m com sua turma.

Bolsonaro já está chegando!!!!

Carlos Esteves

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação