Ataque cardíaco fulminante mata jornalista Nara Vargas


A jornalista/professora Nara Vargas (54) morreu, na tarde desta 6ª feira (29), vitimada por um ataque cardíaco, fulminante.

Nara era professora de inglês e era Pós-graduada em Gestão, Orientação e Supervisão Escolar. Ela estava na Escola Rio Branco, onde trabalhava e, aproximadamente, às 14h30 queixou-se de um mal-estar, mas teria se negado a atender a sugestão de ir até um hospital alegando que era algo passageiro e que logo estaria bem. Alguns minutos depois dirigiu-se até o banheiro da escola onde logo em seguida foi encontrada já sem vida.

Foi tudo muito rápido, sem tempo para que fosse socorrida.

A jornalista Nara Vargas, no final dos anos 80 e início dos anos 90 foi repórter da TV Rondônia (Globo), depois trabalhou na TV Candelária (Record) e TV Allamanda (SBT). Prestou assessoria de imprensa a vários órgãos públicos e privados. Nara foi também chefe do Departamento de Comunicações da Prefeitura de Porto Velho, na gestão do Prefeito Roberto Sobrinho.

Nara Vargas, simultaneamente com o magistério, vinha atuando como jornalista no site FALANDOAVERDADE.COM.

O corpo está sendo velado na Funerária Universal na rua Getúlio Vargas (entre Abunã e Alvaro Maia).

Redação: falandoaverdade.com

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação