Aos 112 anos, morre o homem mais velho do mundo


Morreu nesta terça-feira (19) no Japão o homem mais velho do mundo. Yasutaro Koide tinha 112 anos e morava em Nagoya. Ele se tornou o homem mais velho do mundo, reconhecido pelo Livro dos Recordes, em agosto do ano passado.

Segundo autoridades locais, ele morreu de insuficiência cardíaca em decorrência de uma pneumonia. Nascido em março de 1903, Koide dizia que tinha como segredo da longevidade não fumar, não beber e não cometer qualquer excesso, além de “viver com alegria”.

Koide, que nasceu poucos meses antes do primeiro voo dos irmãos Wright, morreu no hospital da cidade de Nagoya, onde morou por muitos anos.

Ele tinha pneumonia, informou uma autoridade local.

Ao ser questionado sobre o segredo da longevidade, Koide respondeu: “O melhor é evitar trabalhar muito e viver a vida com alegria”.

Ainda não há consenso de quem deve assumir o posto de homem mais velho do mundo, mas quem deve ficar com o título a partir de agora é outro japonês, que vive em Tóquio, e tem 111 anos.

Quase 25% dos habitantes do Japão têm 65 anos ou mais, em uma população de 127 milhões de pessoas.

A pessoa mais velha do mundo é a americana Susannah Mushatt Jones que tem 116 anos. Ela ganhou esse título no ano passado após a morte de Misao Okawa, do Japão, que morreu aos 117 anos.

Segundo o Livro dos Recordes, a francesa Jeanne Calment foi a pessoa com maior longevidade no mundo. Ela morreu em agosto de 1997 com 122 anos e 164 dias.

Fonte: Globo.com

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação