A VOLTA DE DAVID LETTERMAN – em alto grau.


A VOLTA DE DAVID LETTERMAN – em alto grau.

Sem me ater aos que desfilavam no carnaval pelo Brasil afora, fui para as TVs, abertas e pagas, procurar um programa que trouxesse outras informações que oportunizassem um momento de paz e reflexões.

E não é que não admire a folia e os foliões. Já passei por isso. Hoje sou muito mais um observador, e como observo, acredite.

Então, vi de tudo. Num aquecimento, Globonews, filmes disponíveis na Sky, Bandnews, TV Globo, Bandeirantes, Record, BBC, TV Acre, que pelo andar das coisas qualquer dia poderá ser nomeada com algo tipo TV-G1-CBN Rio Branco, a exemplo da outrora, uma das pioneiras em Rio Branco, Rádio Acre FM e agora, CBN, todas filiadas (?) da Rede Globo, a poderosa e mais bem equipada tecnologicamente e também, dos já quase outrora, melhores profissionais do jornalismo brasileiro.

Eu queria saber menos o que de ruim e mais o que de bom estava acontecendo. Vi o “Gazeta em Alerta” do bem informado Edvaldo Sousa, companheiro de longas datas, das salas de aula do Curso de Direito. Por aí, já era uma síntese do que ocorre por aqui…de ruim. Infelizmente. Porém bem produzido e mostrando uma realidade.

Realmente, com o surgimento das redes sociais, dos blogs e dos jornais eletrônicos, pode-se conhecer, de madrugada, tudo o que acontece no planeta, lendo os melhores veículos de informações do mundo.

E continuei a procurar o tudo, quando me deparei com uma das melhores alternativas no mundo atual, para quem é cinéfilo e da mesma forma foi amante de documentários, seriados etc. como Tarzan, Flash Gordon, Zorro, Super-Homem

Pois é, a melhor alternativa foi o NETFLIX, com suas produções originais. Tanto para filmes, como seriados, documentários e especiais.

Encontrei, para minha alegria, o agora de barba branca (mudança no seu visual) e apreciável David Letterman, com um seriado de entrevistas de primeira linha.

Os dois primeiros episódios destinou ao ex-Presidente Barack Obama e o segundo ao ator George Clooney. Excelente. Conhecer melhor, ao natural, celebridades, sem as imposições de cerimoniais, seguranças, de diretores de cinema, como geralmente acontece.

Tranquilo (ele sempre foi seguro) o ex-presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, com reconhecido humor inteligente, descreve sua vida familiar. Fala sobre as tensões políticas, depois da Casa Branca; o que lhe influenciou na sua vida profissional, e destaca o exemplo que mais lhe inspirou, referindo-se ao deputado americano John Lewis (líder do movimento por direitos civis e político americano). David visita a cidade de Selma, no Alabama, em companhia de Obama e de John Lewis.

De maneira não muito diferente, na forma e no rico conteúdo sobre sua vida, no segundo episódio, David recebe o ator George Clooney. Em entrevista sempre bem conduzida por esse humorista, apresentador e produtor de televisão norte-americano, o ator George Clooney discorre sobre sua vitalidade, suas escolhas no tempo, seu trabalho humanitário, como conquistou sua esposa Amal e suas frustrações no basebol.

David conhece a família do ator e conversa com um refugiado adotado pela família Clooney, em Kentucky. Entre perguntas e respostas, vídeos documentando passagens no tempo, a conversa é bem humorada e o tempo passa depressa, não mais que 56 minutos.

A volta de David Letterman à televisão, brinda seu público com duas importantes celebridades do mundo cultural e político, sem achismos, com franqueza nas perguntas e respostas.

Há tempos não vejo no Brasil depoimentos plenos de inteligência e cultura ampla com profundidade de conhecimento, de nenhum desses nossos pretensos candidatos à Presidência da República, que, pelo menos até agora, não os vejo com essas capacidades de análise da vida e do mundo, atual, como a desses dois entrevistados.

Apenas para lembrar alguns, por exemplo, mais recentes, falta-nos um Carlos Lacerda, um Leonel Brizola. Estamos pobres de políticos. Que venha a renovação, com esses atributos. Sem muitos sofismas, claro.

Por enquanto, para atender minha necessidade de boas informações ditas pelas próprias celebridades, ficarei no David Letterman. Uma pedida, para quem gosta dos assuntos.

Carlos Esteves

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação