A Microsoft está abraçando o Android como o seu novo Windows Mobile


O fato é que a Microsoft finalmente se rendeu à ideia de que as pessoas não precisam mais do Windows no telefone. Afinal, ela mesma desenvolveu o sistema Windows Phone e, depois de uma série de falhas estratégicas, acabou por mata-lo (sem dó), desde o último lançamento de um smartphone com esse sistema, o Lumia 950.

Além disso, como a Microsoft não conseguiu replicar muitas funcionalidades do Your Phone em iPhones (o que é comprensível, dada a natureza fechada dos produtos da Apple), o Android é a única opção no momento se você quiser uma conexão móvel com um PC com Windows. E, como também é o líder no mercado de telefonia móvel, faz até mais sentido para propagar suas soluções mobile.

E também curioso (e animador) que a Microsoft esteja disposta a adotar um sistema operacional rival para oferecer funcionalidades móveis que nunca veríamos na Apple e no próprio Google, a menos que você compre um MacBook ou um Chromebook.

Pode parecer mais um marketing para se aproveitar de um vasto mercado que o Android alcança. Mas também é fato que esse novo impulso para integrar dispositivos móveis ao Windows 10 é um bom exemplo de como trazer benefício para os usuários.

Afinal, será bem mais ágil e prático transportar dados do seu celular para o computador – e vice-versa – com esse tipo de aplicação.

E, quem sabe, em um futuro próximo, não podemos ver um Surface Phone híbrido, com tecnologias Microsoft e Android?

Quem viver, verá!

0 Comentário

Nenhum comentário

Seja o primeiro

Deixe um comentário

Ao clicar em ENVIAR, aguarde nossa avaliação